Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

O DESPERTAR DA ESPERANÇA

Na linha do horizonte
Onde se desfaz em noite sol
Onde arco-íris minha íris entoa
Da tranquilidade que chega sem voz.

No silencio da brisa que pareia
Da suave imagem que incendeia
Tudo é paisagem
Na formação destas imagens.

Da mão que se ergue em lucidez
Do abraço que chega em sua vez
Toques no coração de quem desanda
E necessita um tanto de força nesta dança.

Das lágrimas que chegam de algum lugar
Da angustia que nos leva a querer parar
tudo necessita de um local
Onde paisagem, abraços e carinho
Trazem-nos novamente ao ninho.

Da linha do horizonte
Sol que se desfaz nos montes
Do abraço apertado
Da mão que chega ao lado.

Antonio C Almeida
03/01/2016
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 19/01/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários