Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PAZ DO AMOR

Do amor que só chega em pranto
Duma dor que se deixa aos cantos
Tudo é paixão neste recanto

Quando lágrima é do amor que chega
E a dor é a que parte ao avistar esta beleza.

O que há de verdade se não paisagem
Que não chega em palavras
Mas se escuta nos gestos
Manifestos de quem adora em versos.

Onde chão é de estrelas
Nuvens de algodão
Amor é quando se dão a mão
Sonho é realidade num sonho
Enquanto pranto é do encanto deste tanto.

23/03/2017
Antonio C Almeida
 
 
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 25/03/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários