Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


OS PRANTOS

Olhei um pranto
Que neste canto deixou-me o encanto
Do que não chega em palavras

São apenas dádivas
Das pérolas caídas
Que descem semblante
Toca a boca
Abriga lágrima solta
Que navega no vento
Deixando todo o momento
No tempo que este sentimento
É movido nas lembranças de uma paixão.

Que seja assim o que fica
Lágrimas de uma despedida
Num pranto suave que lave
O que volta sempre quando se sente
Que tudo é amor latente.

Antonio C Almeida
30/03/2017



 
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 02/04/2017
Alterado em 02/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários