Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PEDAÇOS DE UM TODO

Cacos são pedaços de um todo
Inteira cacos em pele assenta recheio
Que impele mais do jeito
Do belo que se ergue quando cheio.

É no uivo da brisa
No mar que se agita
Maré cheia nos cheia
De antigas vozes que incendeia.

Uma pequena chama nos chama
O desejo do cheio em uma cama
No tempo tortura alucino com o vento
Sombras em sonhos a salientar sentimento.

Junta cacos que são seus pedaços
Assenta recheio da pele e o cheiro
Cheia o belo que se integra ao recheio
Do quebrado em cacos ao inteiro.
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 06/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários