Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

CORRE NAS VEIAS

Que me resta se não desejar tardar
Tarde leve que me leva
No tempo e vento ao passar de tormentos
Que bate sem me permitir lamentos.

Agarrar ao firmamento
Que me firme andamento
Do olhar ao horizonte que não se esconde
De quem muda enquanto inunda de vida fonte.

Arco-íris em minha íris
Som do silêncio reinvento
Ao escutar vozes que se foram
Mas chegam na brisa como nobre alimento.

Que me presenteiam com o que se foi e volta
Sombras numa luz que imploro me gosta
Passando dum tanto calor em veia
Que sempre enche de vida nesta teia.
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 23/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários