Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


LÁGRIMAS NA CHUVA

Quem poderá falar
Se não quem sente indolente
Brotar, descer no rosto quente
Lágrimas em uma chuva torrente.

No Incógnito
Indivíduo Individual tópico
Derramar, deixar nas correntes dos trópicos
Pérolas caídas de olhos carentes.

Trovoada contínua definha
Céu ou coração que aflita
Nuvem se abre para o único que sabe
Lágrimas na chuva ao chão não é miragem.

Antônio C Almeida
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 15/03/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários