Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


ESCRIVANINHA

Tarde me traz o efeito de uma noite fria
Chega o deleite de uma rima rica
Sendo do peito que mora se explora
Comiseração.

Altar que descrevo o dilema
Mesa que planteia em restos de temas
Deixados de lado
Em noites sem brado
No papel borrado.

Súbito delírio se aplica
Testo o contexto que no texto fica
Selo o elo com saliva
Da mente para a boca aos dedos em reflexão.

Seja assim sedento pela imagem que invento
Olhos suaves, lágrimas da menina ao vento
Que nasce em poesia e envelhece nas linhas
Bela para toda vida.
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 10/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários