Escrever é viver duas vezes um bom Momento.
Antonio C Almeida
SOMOS TODOS POETAS
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


NO LIMITE PARA O INFERNO VERMELHO

     Guilherme Boulos (PSOL – Líder do MST) afirmou quando perdeu a eleição que a resistência ao governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) seria feita nas ruas do Brasil. Senador Humberto Costa (PT) falou que a hora do Brasil vai chegar’, em referência a violência no Chile. É questão de tempo para tomar o poder', falou Zé Dirceu a jornal espanhol.
     Livremente a esquerda ameaça a paz e tranquilidade da sociedade que percebe, aos poucos, os bons resultados do governo e o legislativo e judiciário ficam calados para tudo isto e de certa forma até facilitando.
     Eduardo Bolsonaro falou, se caso a esquerda começar a crescer em tom de violência, com a possibilidade de sequestro, destruição do patrimônio público, matança de militares, seria necessário um AI – 5, que foi um ato direcionado ao Legislativo federal, estadual e municipal. Ele falou apenas como referência caso houvesse a necessidade, pois não existe a possibilidade em nenhuma circunstância de isto ocorrer, foi uma figura de linguagem e hoje o executivo só tem o GLO (Garantia da Lei e Ordem) expressa pela Presidência da República e mesmo assim tem que ter o apoio do legislativo. Então por qual motivo está ênfase? Simples, pelas eleições e o medo da possibilidade de um avanço do que chamam de Bolsonarismo, mas enquanto estão de olho no dinheiro a esquerda planeja mesmo é botar fogo em tudo.
Antonio C Almeida
Enviado por Antonio C Almeida em 01/11/2019
Alterado em 01/11/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários